quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Cuidado jornalista, você pode ser a próxima vítima

Meus caros, mais uma vez a Venezuela é tema do nosso já polêmico blog. A bola da vez é a agressão desferida pela deputada Iris Varela contra o jornalista Gustavo Azócar, apresentador do programa Café com Acúcar, da Televisora Regional de Táchira.

A deputada num extâse raivoso deu socos e tapas no aturdido apresentador, proferindo frases desconexas, e acusava o jornalista de invadir sua privacidade ao citar um drama familiar, "Ele se meteu com o que tenho de mais sagrado, que é meu filho morto", gritando ao citar um livro publicado por Azócar sobre escândalos, envolvendo diversos políticos daquele país .

O episódio vem reforçar a tese, cada vez mais defendida, pelos grandes veículos brasileiros de que na Venezuela não se respeita a liberdade de imprensa. Fico preocupado se a moda pega no Brasil, já imaginaram o José Dirceu, invadindo a redação do Jornal da Globo, atrás do William Waak e do Arnaldo Jabour, surreal...

A coisa é séria meus amigos, se está chegando a esse ponto, é porque a liberdade de expressão e pensamento está sendo cerceada na terra do simpático Cháves. Contestar jornalista faz parte, até pelo fato de muitos escreverem inverdades e serem comprometidos com algum interesse. Também não adianta ser "carola" e achar que jornalista não se posiciona em relação a nada e que é santo, isso é ilusão.

Verdade é para ser dita, se aconteceu virou Manchete ( isso lembra alguma coisa?).Enfim, atualmente está difícil ser jornalista. No último mês de outubro, a Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão de Direitos Humanos (CIDH), divulgou um documento no qual demonstrava preocupação com a crescente violência contra jornalistas na América Latina. A entidade é ligada a Organização dos Estados Americanos (OEA).

O levantamento se refere ao período que compreendeu entre os meses de abril e junho deste ano, no qual cinco jornalistas morreram e dois desapareceram, desses mortos, dois foram executados no México. Segundo o CIDH, a democracia requer o livre debate de idéias e opiniões, até quando forem ingratas ou perturbarem quaisquer governos da região.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...