quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Davos, a festa do neoliberalismo

Meus caros, no último dia 23/01 teve inicio mais uma edição do Fórum Econômico Mundial – FEM , sempre realizado na cidade de Davos na Suíça. O encontro realizado desde 1971, e criado pelo professor de administração de empresas, Karl Swab, reúne lideres empresariais e governamentais além de jornalistas, economistas e alguns representantes da sociedade civil, para discutir os rumos da economia em escala global. No fundo, o Fórum de Davos é uma celebração do capitalismo em sua nova face que é o Neoliberalismo.
A lógica sempre defendida pelos senhores do capitalismo é da diminuição do poder do estado nos rumos de uma sociedade, que tem na competição e livre iniciativa as principais premissas para a fundamentação de um mundo melhor. Ali são formuladas as diretrizes e as ações para consolidação dos interesses do mercado. O tema central deste ano fica por conta de uma possível recessão americana e seus efeitos nos mercados. Nem mesmo, as medidas anunciadas pelo governo americano, para baixar os juros naquele país, tranqüilizaram especialistas como o economista Nouriel Roubini, da Universidade de Nova York, de uma corrente tida como pessimista. O professor disse que os EUA não terão apenas um resfriado, mas passarão por um "longo período de pneumonia", conforme consta em matéria postada no portal de notícias G1. Outros como o megaespeculador, George Soros, defendem um “auxílio mais enfático dos governos, para assim, evitarem uma grande depressão econômica”. Fico ‘passado’, quando estes mesmos senhores sempre disseram que o mercado é razão de ser do sistema e que não precisa ser regulado pelo estado. Porém, agora na bancarrota e com a cara mais cínica do mundo pedem, e exigem dinheiro para compensarem suas perdas.
Os grandes bancos americanos anunciaram enormes prejuízos no exercício de 2007 – coitados - e traçam um cenário pessimista para este ano. Aqui no Brasil, as maritacas da mídia – vocês já sabem quem são - defendem agora, ações dos governos para ‘injetarem’ dinheiro no sistema. Pois é meus caros, agora o estado é salvação da lavoura para evitar uma quebradeira geral. Viva o capitalismo!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...