quarta-feira, 12 de março de 2008

É verdade...

Meus caros, a partir de um artigo assinado por Mauro Santayana na coluna “Coisas da Política” publicada no último dia 10 de março, quero comentar uma observação feita pelo veterano jornalista. A de que os veículos de comunicação não tratam do real e sim da realidade reconstituída pela ficção e pelos interesses. Não quero ser um chato e nem ‘pé-no-saco’, mas ao notar o noticiário verifiquei que realmente há uma relação na afirmativa de Santayana, para comprovar vamos ao noticiário da semana: a crise envolvendo Colômbia, Equador, Venezuela e as FARC, a candidatura de Gabeira a prefeitura do Rio, brasileiros deportados da Espanha, invasão do MST a ferrovia da Vale. Tudo tratado de forma deformada e direcionado, para impressionar e formar a opinião do consumidor/leitor da informação.

No caso, envolvendo Álvaro Uribe, Rafael Correa e Hugo Chaves a imprensa brasileira pintou um quadro no qual Equador e Venezuela tomaram posição beligerante em detrimento de uma 'pacífica' posição colombiana de combater as FARC.


Aqui no Rio, a mídia radiofônica levantou a pipa do ex-guerrilheiro e atualmente Deputado Federal, Fernando Gabeira do Partido Verde (PV) que fechou uma estranha aliança com os tucanos. A CBN e Bandnews acreditam que o homem da sunga crochê é a salvação da Cidade Maravilhosa. Já os nacionalistas temporários de plantão exigem uma atitude do governo brasileiro em relação a deportação de nossos nativos na terra dos conquistadores.Para encerrar, os ‘terroristas’ do MST podem ocasionar a queda das exportações brasileiras por não deixarem o trem da Vale passar.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...