terça-feira, 8 de abril de 2008

Festa da ABI, festa de papagaios e bicões

Jaiminho, o bicão de plantão da Globo


Meus caros, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) comemorou na última segunda-feira o seu centenário. Com uma festa realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a mais antiga associação de jornalistas do Brasil contou um pouco de sua história nas inúmeras lutas em favor da democracia neste país. A equipe do Lobotomia & Comunicação compareceu à noite de gala e fez algumas observações sobre o evento.


Merece destaque a presença do vice-presidente, José Alencar, que fez um discurso entremeado de simpatia e bom humor representando ‘Barbudo-mor’ da república. Alencar conseguiu ser espirituoso quando todos sabem que ele passa por sérios problemas de saúde, com certeza foi o destaque da festa. Meu amigo e colaborador, o jornalista e ‘bicão de plantão’ Douglas Habibe fez algumas considerações. Entre algumas foi a ausência da chamada nova geração de ‘coleguinhas’, que pelo horário da festa, 19 horas, deviam estar em horário de fechamento ou trabalhando em outras mídias no cumprimento do dever de informar.


Não querendo ser antipático, só tinha jornalista aposentado e milionário, como o recém agraciado com a ‘mega-pensão’ da viúva, Ziraldo. É notória, a falta de mobilização da categoria quando se trata de assumir um papel mais participativo nas associações de classe, como os sindicatos e federações. Jornalista atualmente só faz reunião em botequim, isso é evidente, quem trabalha em redação sabe disso...

Outro fato a ser observado foi o patrocínio governamental da festa, que contou com shows de Paulinho da Viola e da Orquestra Sinfônica Brasileira. Petrobras, Furnas e Governo do Estado do Rio de Janeiro bancaram a comemoração. Será que é para não falarem mal do governo?
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...