sexta-feira, 25 de julho de 2008

Vote no Zé Fuinha

Reprodução: VGbr.com

Meus caros, já está nas ruas a malfadada campanha eleitoral, não que eu seja contra ao direito de escolha de nossos governantes e legisladores. Sou contra a forma do processo de escolha, que é conduzido de forma obrigatória, pois trata o eleitor como um idiota.

Para corroborar o que eu penso, é só dar uma olhada nas medidas restritivas relativas à propaganda eleitoral na internet. O candidato só pode veicular sua proposta na própria página na web. A regra está especificada na resolução 22.178/2008, aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral – TSE. De acordo com o capitulo 4º "A propaganda eleitoral somente será permitida na página do candidato destinada exclusivamente à campanha eleitoral."

Então, não pode haver vídeo de apoio ao ‘Zé Fuinha’ no You Tube, página dele no Orkut e banner no meu blog – que pena... Tô precisando de um dinheirinho. Hehehehe.

É claro, a coisa precisa ser disciplinada. Quem tem dinheiro gosta de abusar, imaginem a quantidade de palavras-chave que determinado candidato poderia comprar em um site de buscas como o Google.

Em comparação ao modelo americano, a propaganda brasileira está ainda engatinhando, basta acessar os portais dos candidatos Barack Obama e John McCain . Lá, até as doações podem ser feitas pela rede através de cartão de crédito, dá quem quer...




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...