terça-feira, 7 de outubro de 2008

Febre Amarela, a mídia golpista pegou pesado



Meus caros, a histéria midiática gerada por um possível surto de Febre Amarela no ano passado, fez despertar a atenção do Ministério Público Federal. O órgão vai notificar os grupos Folha e Estado, além das Organizações Globo, Abril (Revista Veja), Isto É, Jornal do Brasil e Correio Braziliense.

A partir da representação do Movimento dos Sem-Mídia, o MPF abriu um procedimento administrativo para tratar do caso. Em 2007, duas pessoas morreram por tomar a vacina, pois ocorreu duplicidade da dose. Para quem não sabe, a vacinação contra a Febre Amarela deve ocorrer a cada dez anos.

Eduardo Guimarães, líder do movimento, entrou com o ajuizamento no Ministério Público Federal por considerar alarmista a cobertura da imprensa, que em 2002, apesar do surto ser maior, agiu com responsabilidade, conforme alegação da representação.

O Ministério da Saúde vai fornecer futuramente, dados estatísticos da doença para que o MPF se aprofunde nas investigações.

É engraçado, que nesses casos nenhum dos veículos citados, que se dizem formadores de opinião, fez qualquer autocrítica sobre a cobertura da possível epidemia. No fundo, o objetivo era político com o intuito de azucrinar a imagem do governo Federal. Coisas da mídia golpista...

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...