domingo, 26 de outubro de 2008

A mídia perdeu o jogo no Rio de Janeiro


Meus caros, findadas as eleições para prefeito, ficam algumas observações a serem feitas sobre a cobertura da mídia. De início, a imprensa escolheu seu queridinho: Fernando Gabeira. O ex-guerrilheiro foi apresentado como uma novidade na política brasileira, galgado ao altar da salvação.Até o velho mestre Hélio Fernandes embarcou na onda verde, que a TV Globo ajudou a deflagrar, o Lobotomia já havia alertado para o fato.

Uma lição que aprendemos na faculdade, mas que nunca é cumprida pela grande mídia, imparcialidade. Essa é uma das maiores mentiras que aprendemos nos bancos acadêmicos, enfim ninguém é santo, mas tá hora de vender esse 'peixe' da moralidade. Só para citar, nos EUA, não existe o disfarce , como ocorre por estas bandas. Lá o apoio é escancarado, e não é lançado qualquer tipo debate , fica por isso mesmo.

Agora, o ridículo fica por conta dessa cobertura sobre a eleição em São Paulo. Nada contra, a Paulicéia tem sua importância no cenário nacional, como dizia o mestre Silas de Oliveira, mas as emissoras que são sediadas em SP dimensionam demais a campanha da capital. Zapeando os canais para acompanhar a apuração fiquei p... da vida com a transmissão da Record News, Rede TV! e até da Band. Pombas! Será que o Kassab vai presidir a República? E Dona Marta, qual será seu futuro político? é pura Agenda Setting... Tão forçando a barra.

PS. Estou desapontado com o Hélio Fernandes.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...