terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Vílem Flusser e Stuart Hall - um retrato da pós-modernidade



Meus caros, duas dicas de leitura para quem curte os temas globalização e pós-modernidade. Depois de mais uma indicação do meu guru, Antônio Duarte, tive o prazer de conhecer um ensaio muito legal: Filosofia da Caixa Preta – ensaios para uma futura filosofia da fotografia, de autoria de Vilém Flusser. Uma leitura bem leve que propõem uma reflexão sobre esse novo mundo que vivemos em que se descobrem novas formas de criação e produção, quando o assunto é fotografia. Filosofia e imagem se conectam ao longo dos tempos, criando cenários e linguagens que se adequam às novas tecnologias com uma velocidade alucinante. É um texto bem leve e de fácil compreensão.


A outra indicação fica por conta de um já considerado clássico dos cursos de comunicação e sociologia: A Identidade cultura na pós-modernidade, obra de Stuart Hall. O professor do Open University – Inglaterra faz uma análise sobre a queda das velhas identidades e mitos culturais da falecida sociedade moderna. A fragmentação do homem, globalização e o fim das referências são citados como marcas da pós-modernidade. Hoje, a cultura hibrida se apropria e toma espaços, o mundo vive em permanente diáspora. É ler e conferir.



Textos de Vílem Flusser: Download
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...