sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Grupo Bandeirantes chuta Lula com à direita

Meus caros, na última quinta-feira (24/09), sintonizando a Rádio Bandnews no horário da manhã, em sua programação nacional, ancorada pelo irrequieto Ricardo Boechat, fiquei assustado com um editorial declamado por uma soturna voz, que não consegui identificar. No texto, o Grupo Bandeirantes condena à intenção do governo em reformular os índices de produtividade que determinam se uma fazenda é ou não improdutiva, para fins de desapropriação e posterior reforma agrária.

Criados em 1975, os índices de produtividade atualmente em vigor, obviamente estão defasados. Esses dados não levam em conta os avanços tecnológicos da agricultura. Tal defasagem facilita aos fazendeiros preguiçosos alcançar os indicadores mínimos e evitar desapropriações. O texto foi até muito duro com o Presidente Lula:

"Lula não age como presidente, mas como líder de um bando de militantes que muitas vezes atuam como criminosos. Se Lula e seu MST levarem à frente essa bandeira insensata estarão abrindo uma guerra no campo, que poderá se transformar em tragédia" – brada o editorial do Grupo Bandeirantes.

O artigo 11 da lei federal 8.629, de 1993, é bem categórico ao versar sobre o tema: "Os parâmetros, índices e indicadores que informam o conceito de produtividade serão ajustados, periodicamente, de modo a levar em conta o progresso científico e tecnológico da agricultura e o desenvolvimento regional”. Só agora, depois de 34 anos de criação, é que se resolveu mexer nesse vespeiro.

Segundo o Deputado Dr. Rosinha, PT-SP, a família Saad, controladora da Bandeirantes, é dona de 16 fazendas com 4,5 mil hectares em São Paulo. Daí se justifica essa fúria da empresa de comunicação contra o projeto do governo, que pretende alterar os parâmetros de produtividade rural. Pelo jeito, reforma agrária não é assunto que interesse ao pessoal do Morumbi.

Obs: Este vídeo foi levado ao ar no dia 23 de setembro, no telejornal da rede.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...