quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Ahmadinejad: o diabo em pessoa




Meus caros, a recente visita do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad ,revelou um certo histerismo da nossa hipócrita mídia. Acusam o líder iraniano de genocida entre outras alcunhas nada respeitosas. De certa maneira estamos reproduzindo o discurso da imprensa republicana, que tem como seu maior representante a Fox News. Assim como Hugo Cháves e Evo Morales, Ahmadinejad é pintado como o próprio diabo em pessoa. O jornalista William Waack chegou a compara-lo a um farsante e o chamou de perigoso, no programa do Jô. Por sermos signitários de um modelo democrático ocidental, implantado e copiado dos EUA, nossa opinião pública só faz apenas reverberar o noticiário norteado pela imprensa americana, que é por demais tendencioso ao indicar quem são os inimigos da política externa do Tio Sam.

Essa incapacidade de nossa mídia em produzir um noticiário de eixo próprio, quando o assunto é de esfera internacional, acaba por ser tornar um tédio ideológico. Os 20 anos da queda do Muro de Berlim representaram bem isso. Não consegui assistir nenhuma reportagem em que o capitalismo alemão ocidental tenha sido criticado. Ao contrário só o enaltecimento de um modelo exploratório que acabou por se revelar também falido, conforme demonstrou a recente crise econômica mundial.

Um exemplo disso é que dificilmente conseguimos ler, ouvir e assistir qualquer matéria sobre a degradação nos centros urbanos americanos. Só temos ideia do que acontece lá quando acessamos, por exemplo, o blog do cineasta Michael Moore. O cara é um dos poucos ou se não um dos únicos que tem peito de mostrar a verdadeira América.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...