sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Kaiowás ganham apoio na rede



Meus caros, a mobilização contra a remoção de 170 indígenas pertencentes à tribo Guarani Kaiowá, na cidade de Iguatemi, localizada a 460 quilômetros de Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso Sul, mobiliza grupos de ciberativismo na internet. Recentemente foi divulgada uma carta ao governo brasileiro e a justiça, que teve grande repercussão na internet, na qual líderes indígenas falam na possibilidade de morte coletiva em resistência a decisão da remoção dos Kaiowás da Fazenda Cambará.

A jornalista Thereza Dantas participa de uma ação em uma rede social para compartilhar conteúdos relacionados à questão dos Kaiowás.

Lideranças indígenas criticam a omissão do governo brasileiro. Anápuáka Muniz Tupinambá Hã Hã Hãe, do povo Pataxó Hã Hã Hãe, do Sul da Bahia, Coordenador do Grupo Raízes Históricas indígenas, é enfático sobre a forma como Brasília vem tratando a questão indígena no Brasil.

Confira na matéria no Radotube
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...