quinta-feira, 17 de julho de 2014

A criminalização política

Foto: Luciano Silva / Coletivo Carranca
A Copa acabou mas o legado que fica é o da perseguição política aos ativistas participantes das manifestações contra as remoções, gastos excessivos em grandes eventos e a favor da desmilitarização da Polícia Militar. Aqui no Rio de Janeiro, o governo do estado mobiliza o judiciário nessa perseguição. Até o momento foram  realizadas 19 prisões com a tipificação em crime de formação de quadrilha. Em tempos democráticos e de livre opinião não se pode justificar e criminalizar movimentos sociais, professores, jornalistas e estudantes que lutam por um país mais justo.

Ouça a  reportagem da Jornalista Viviane Nascimento sobre essa situação.





Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...