domingo, 29 de janeiro de 2017

Quando a publicidade se apropria da onda conservadora

Em tempos de recrudescimento do conservadorismo, que pode ser exemplificado pelo golpe 2016 no Brasil e ascensão de Trump à presidência dos EUA, a publicidade como não poderia deixar de ser acaba absorvendo esse contexto. Isso já pode ser notado em algumas peças produzidas e atualmente veiculadas na grande mídia, e o exemplo disso fica na utilização de motes que denotam essa ideia, e o conceito de família expressa bem essa observação.




Podemos citar o laboratório farmacêutico Neoquímica, especializado na produção de genéricos que usa em suas campanhas publicitárias e institucionais a frase: “Neoquimica, o remédio da família brasileira”, tendo como garotos-propaganda personalidades públicas como o ex jogador Ronaldo e o ator Marcio Garcia. O próprio Ronaldo já havia protagonizado uma peça de vídeo para o Supermercado Extra para a Copa de 2014. Uma observação a ser feita sobre Ronaldo é que mesmo esteve envolvido em escândalo sexual em 2007, mas que apesar disso a sua imagem ainda é relacionada como um “bom sujeito e chefe de família”.





Temos o Banco Itaú que utiliza a imagem de uma vovó que usa a plataforma digital para se manter próxima da própria família.Aliás, em tempos de crise econômica em que se discute a Reforma da Previdência, os bancos aproveitam e reforçam o valor da família quando lançam campanhas sobre a importância da previdência privada.



De alguma forma, a valorização do conceito família pela publicidade se deve também a apropriação feita pelas igrejas neopentecostais que a cada dia arregimentam mais fiéis na nova classe média brasileira, e usam o valor para reforçar o dogma conservador.

A grande questão a ser discutida é se a exploração de valores tradicionais pela publicidade acaba por reforçar a imagem da família tradicional chefiada pelo “pai alfa”, que tem na mulher uma imagem reduzida de uma dedicada cuidadora do lar. E até que ponto, em que vivemos a consolidação da luta por igualdade de gênero, essa abordagem do valor familiar ainda é utilizada como referência no processo de uso da publicidade.






Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...